Conquistando Tendências
Voltar

5 formas de ampliar sua rede profissional

Se você está procurando um emprego, abrindo um negócio ou buscando empreendimentos criativos, o networking pode colocar você em contato com outras pessoas. Por mais tentador que seja esperar que as oportunidades te encontrem, expandir sua rede aumenta bastante suas chances de ser contratado ou de vender produtos e serviços.

O networking com colegas antigos e novos pode gerar oportunidades de mentoria ou novas soluções para os seus desafios profissionais. É mais fácil mandar um e-mail a um colega que você conheceu num congresso e pedir a opinião dele sobre o software que sua empresa está usando do que confiar apenas nas avaliações da internet. Da mesma forma, é mais fácil ser contratado se você conhece alguém na empresa que possa lhe dar o nome do recrutador.

Para os empreendedores, o networking gera referências de clientes ou colaborações que ampliam seus serviços.

Para muitos, networking traz à mente um salão lotado, onde os participantes têm conversas truncadas e trocam cartões de visita ou códigos QR.  

O networking é bem diferente disso, principalmente agora, durante a pandemia. Porém, só porque a maioria do networking acontece on-line em vez de presencialmente, não significa que você deva recorrer a ligações frias ou táticas agressivas por e-mail.

Mas, como funciona mesmo o networking? E como ser “bom” nisso?

Prepare o seu "discurso"

Alguma vez você gaguejou ou não soube responder à pergunta "fale sobre você"? Você não está sozinho. Por mais simples que pareça, muitas pessoas sofrem para falar de si mesmas de forma clara e concisa. Seja por causa da modéstia, da falta de clareza ou de outras razões, apresentar-se é muitas vezes a parte mais temida de uma entrevista ou no networking.

No networking, ajuda ter um "discurso de elevador" que explique quem você é, o que você faz e o que pretender fazer a seguir. O "discurso de elevador" - que tem esse nome porque você pode apresentar você mesmo e seu trabalho durante uma viagem de 30 segundos no elevador (quando era comum as pessoas pegarem o elevador juntas) - muitas vezes define o tom do resto da conversa.

O principal é dar informações suficientes sobre você para intrigar o ouvinte. O objetivo é fazer o outro querer saber mais sobre você até o fim dessa viagem no elevador.

Durante uma reunião on-line ou um evento de networking, ainda é possível fazer um "discurso de elevador" que deixe as pessoas com vontade de conhecer mais você. O discurso on-line pode precisar ser um pouco mais curto ou digitado em uma caixa de bate-papo, mas ainda é um resumo sobre você mesmo. 

Faça um pedido ou pergunta

Em vez de apenas falar da sua carreira ou biografia no "discurso de elevador", você pode terminar com uma pergunta aberta, uma solicitação ou até mesmo um desejo de fazer algo no futuro.

Os candidatos a emprego podem fazer uma pergunta que indique ao recrutador o que eles gostariam no próximo emprego, tipo: “Pretendo aproveitar minha experiência no gerenciamento de projetos e em startups para começar no desenvolvimento organizacional.”

 Para um empreendedor de serviços, o pedido pode ser: “Confira meus pacotes de coaching no meu site.”

 Se você pretende aprender mais ou simplesmente ampliar sua rede profissional, diga: “Eu adoraria conversar com você e aprender mais sobre sua carreira."

Ouça atentamente

No networking, há muita ênfase no que se deve dizer, mas é importante ser um bom ouvinte também.

Tal como em qualquer forma de comunicação interpessoal, mostramos respeito às pessoas ao ouvi-las ativamente — não fazendo outra coisa ou procurando uma oportunidade de interromper.

Muito da comunicação é virtual nos dias de hoje, e as conversas presenciais são abafadas por máscaras; por isso, é crucial tomar medidas extras para ouvir atentamente as pessoas. Isso pode significar silenciar as notificações durante a reunião, achar um local para uma conversa sem interrupções e resistir ao desejo de checar os e-mails enquanto a outra pessoa está falando.

Seja útil

Recrutadores e clientes estão em todas as plataformas imagináveis. Embora o seu "discurso" pareça excelente, muitas vezes as pessoas querem saber o que elas saem ganhando.

Além de demonstrar boas maneiras e seus dotes na comunicação, ouvir também identifica as necessidades das pessoas e pode ser útil.

Pensar no seu trabalho como uma contribuição que atende uma necessidade pode ser uma forma mais autêntica de se conectar.

Cuide da sua rede

Após acumular uma pilha de cartões de visita ou centenas de contatos no seu site de networking, você ainda pode duvidar de como isso ajuda na sua carreira.

É aí que entra o acompanhamento.

Depois de conhecer uma nova conexão, mantenha contato com ela. Você não precisa se envolver em longos telefonemas, mas sempre é bom encaminhar um artigo de interesse; curtir ou (melhor ainda) comentar algo que ela publicou; ou escrever uma recomendação após uma boa experiência com ela.

 Além disso, envie um agradecimento a quem indicar você para um emprego ou lhe apresentar a outra pessoa.

Um pouco de networking faz uma enorme diferença no campo profissional. Cuidar da sua rede pode fazer ainda mais.

Lucy Samuels é coach de comunicação e carreira e mora em Nova York. Ela ajuda empresas e "párias corporativos" a criar confiança na comunicação para contar suas histórias profissionais e ganhar excelentes oportunidades. Para saber mais sobre a Lucy, acesse o site dela. Confira outro artigo da autora: “3 formas de turbinar a busca por um emprego em casa”.

Artigos relacionados

  1. Tendências

    3 maneiras de turbinar sua procura por emprego sem sair de casa

    3 maneiras de turbinar sua procura por emprego sem sair de casa

  2. Tendências

    Como mandar bem em uma entrevista de emprego em vídeo

    Como mandar bem em uma entrevista de emprego em vídeo

Assine

Cadastre-se para receber as últimas publicações do blog CONQUISTANDO, além de atualizações, promoções e parcerias do Squarespace.

Ocorreu um erro ao enviar o formulário.

Obrigado por se cadastrar.